Barra Urgente

Barra Urgente


Resultado da busca pela categoria "cultura"

III Concurso para Escritores Escolares de Poesia e Redação recebe mais de 500 inscrições

Quinta | 08.09.2016 | 14h03
Autor: Ascom / Cultura


(Foto: Divulgação)

A 3ª edição do Concurso para Escritores Escolares de Poesia e Redação bate recorde superando as edições de anos anteriores com a soma 582 inscrições computadas. Ao todo são 40 cidades participantes, distribuídas entre 15 Territórios de Identidade. O Concurso é uma iniciativa da Diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), e tem como objetivo principal a sensibilização de estudantes para o universo da escrita criativa.   Voltado para estudantes do Ensino Fundamental I e II, e Ensino Médio, cada candidato teve a oportunidade de se inscrever com obras inéditas - poema e/ou uma redação – ficcional. Por ora, as inscrições estão sendo validadas quanto à documentação exigida em regulamento, para seguir até a próxima fase, que é a avaliação dos conteúdos.  Com tema livre, o concurso teve divulgação ampliada este ano, por meio de campanhas nas Redes Sociais. Tendo alcançado mais de 235 mil usuários na Rede Facebook, vídeos com mensagens de apoio a esta 3ª edição protagonizados pela cantora Margareth Menezes, pelo o ator e humorista Chapolin, o repentista Bule-Bule – que doou 150 Cordeis ao Concurso -, a baixista da banda Scambo, Tatiana Trad e sua filha, Flora Trad e do professor da Rede Pública, Anderson Shon (que ano passado foi campeão de inscrições pelo Educandário Helita Vieira, onde leciona).

 

UNINTER Brumado: em novas instalações e com muitas opções de graduação e pós-graduação

Quinta | 01.09.2016 | 14h50
Autor: ASCOM - Plena Educacional


Recentemente, o Polo UNINTER Brumado foi instalado em novo espaço (Rua Artur Revenster, 188 – centro da cidade), e a variedade dos seus cursos de graduação e pós-graduação em diversas áreas só aumenta! Com cursos superiores Tecnólogos, Bacharéis e Licenciaturas, além de especializações nas áreas: educacional, direito, saúde, empresarial e outras, não faltam opções para você escolher o curso que melhor se encaixa à sua necessidade ou desejo. Acesse: UNINTER.COM e clique em Graduação a distância ou em Pós-Graduação a distância! As inscrições estão abertas para todos os nossos cursos! AQUI NÃO PRECISA FORMAR TURMA PARA VOCÊ COMEÇAR A ESTUDAR!!! Aulas gratuitas de orientação para redação (para os interessados em realizar o vestibular UNINTER). Horário de atendimento: das 08h às 22h30min (de segunda à sexta-feira) e das 08h às 17h aos sábados! Onde tem UNINTER tem educação acontecendo! Gestão: Plena Educacional

Brumado mais uma vez presente nos palcos

Quarta | 13.07.2016 | 10h04
Autor: ASCOM / Chico Amorim


(Foto: Divulgação)

Dessa vez, aconteceu em Paracatu – MG o Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu nos dias 8 e 9 de julho quando os brumadenses Bruno Leone, cantor e o músico instrumentista Chiquinho Amorim subiram ao palco para receberem os prêmios de duas grandes conquistas: Melhor Letra e 2º lugar Melhor Música com a canção “Os Girassóis” do compositor Igor Murilo, natural de Rio do Antônio. “Ficamos felizes em poder levar o nome da nossa querida Brumado além-fronteira e representar a nossa cultura em outras paragens. Foi uma longa viagem em busca desta importante vitória, visando também a fortalecer o nosso festival, o FEMP-B pelo qual estamos lutando, com a esperança de que Brumado continue a ser palco de um dos grandes festivais do Brasil. Esta conquista não é minha, nem de Bruno e sim da cultura musical da nossa cidade. Segundo a poetisa Cora Coralina, ‘não morre aquele que deixou na terra a melodia de seu cântico na música de seus versos,’” disse o músico Chiquinho Amorim.

Gal, Xangai, Ilê e Caetano estão entre vencedores do Prêmio da Música Brasileira

Quinta | 23.06.2016 | 16h01


(Foto: Divulgação)

Após várias indicações (clique aqui), a Bahia saiu vencedora em seis delas na 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira, cuja cerimônia foi realizada nesta quarta-feira (22), no Theatro Municipal, Rio de Janeiro. Na categoria MPB o estado levou três dos quatro prêmios: Melhor álbum, com “Dois Amigos, um século de música” de Caetano Veloso e Gilberto Gil; produtores Caetano Veloso e Gilberto Gil; Melhor cantor para Caetano, no mesmo álbum e Melhor cantora para Virginia Rodrigues (‘Mama Kalunga’). Na categoria Regional, Xangai foi o Melhor Cantor e o Ilê Aiyê (‘Bonito de se Ver’) o Melhor Grupo. Outro grande medalhão da cultura baiana, Gal Costa levou o prêmio de Melhor Cantora, na categoria Pop/rock/reggae/hip-hop/funk, por seu trabalho no disco “Estratosférica”. Confira a lista completa dos vencedores.

Editada por baianos, antologia de HQs ‘O Tiraço’ participa de festival na França

Quinta | 28.01.2016 | 08h01


(Foto: Divulgação)

A antologia de tiras em quadrinhos “O Tiraço”, publicada pelo selo editorial baiano RV Cultura e Arte, foi selecionada para integrar o Festival Internacional de Angouleme, realizado na França, desta quinta-feira (28) a domingo (30). Editado por Larissa Martina, Ilan Iglesias e Isabelle Felix, o projeto em formato de jornal, que concorre à categoria de Quadrinho Alternativo, contou com o traços de 30 artistas brasileiros, dentre eles os baianos Flávio Luiz e Bruno Aziz, além de grandes nomes do quadrinho nacional como Fernando Gonsales, Gustavo Duarte, Laudo, André Dahmer e Galvão Bertazzi. No festival, equivalente ao Cannes dos quadrinhos, o projeto baiano foi inscrito na única categoria que aceita material em idioma diferente do francês, contou Larissa Martina, que comemora o fato de participar, mas não tem muita pretensão de vencer. “Eu acho que é algo muito longe de acontecer. Tem muitos outros materiais igualmente interessantes. Como a gente não conhece, fica difícil se posicionar. O legal é o reconhecimento do projeto que a gente conseguiu fazer com dificuldade”, revela a editora-chefe e “O Tiraço”.  O projeto, que levou quatro meses de produção e foi contemplado pelo edital Arte em Toda Parte - Ano II, da Fundação Gregório de Mattos, foi distribuído gratuitamente nas escolas da rede municipal de ensino, em Salvador, com uma tiragem de 30 mil exemplares. Participaram da publicação os quadrinistas Analu Medeiros, André Dahmer, Beto Basso, Bianca Pinheiro, Bruno Aziz, Caetano Cury, Chicolam, Cris Peter, Davi Caramelo, Estevão Ribeiro, Fábio Coala, Fernando Gonsales, Flávio Luiz, Frédson Gonçalves, Galvão Bertazzi, Guilherme Borges, Guilherme Caldas, Gustavo Duarte, Hector Salas, Junião, Laudo, Marcelo Nepomuceno, Marco Oliveira, Omar Viñole, Roni Silva, Rose Araujo, Ruis, Samuel Casal, Venes Caitano e Will Leite.

Ministro Juca Ferreira vê projeto que cria polo regional de produção cultural em Conquista e preserv

Sexta | 02.10.2015 | 09h58
Autor: Joana D'Arck | Assessoria Parlamentar


O deputado Waldenor Pereira ao lado do ministro Juca Ferreira (Foto: Divulgação)

Na oportunidade da presença do ministro da Cultura, Juca Ferreira, na comissão geral do plenário da Câmara Federal, o deputado federal Waldenor Pereira, aproveitou para solicitar o apoio ao projeto Kaza Glauber - instituição para preservar parte da memória da história audiovisual brasileira, privilegiando a cinematografia nacional dos anos 50-80 e, em especial, a obra de Glauber Rocha, e incentivar a produção e difusão audiovisual.  A proposta vislumbra a constituição de um polo regional de produção cultural em Vitória da Conquista. A conversa com Juca Ferreira, que teve também a participação do secretário nacional de Recursos Audiovisuais, Pola Ribeiro, animou o deputado Waldenor, pela receptividade do cineasta e do ministro, ambos baianos, ao projeto Kaza Glauber. Tanto que o ministro convidou o deputado para detalhar o projeto, em seu gabinete. O parlamentar, inclusive, já encaminhou cópia da proposta elaborada pela Casa da Cultura de Vitória da Conquista, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Universidade Estadual do Sudoeste. Conforme o projeto Kaza Glauber, o espaço cultural será implantado na casa onde viveu o cineasta, na Rua 2 de Julho, já que pretende articular a preservação da memória familiar dos Andrade Rocha com os traços da memória da cultura brasileira e da arte moderna que suscita tão fortemente a obra do cineasta mais reconhecido, nacional e internacionalmente, da história da cinematografia brasileira. Tanto do ponto de vista arquitetônico, quanto simbólico, o projeto prevê um espaço que busque a construção de uma atmosfera que seja próxima das linhas condutoras que nortearam o pensamento, a obra e a trajetória de Glauber Rocha. Será concebido ancorando-se em quatro eixos de atuação, que funcionarão de forma articulada: memória, formação, produção e difusão audiovisual.