Barra Urgente

Barra Urgente


Renan critica MP e vê tentativa de 'desmoralizar homens públicos de bem'

Sexta | 21.04.2017 | 10h00


O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ao discursar nesta quinta (20) (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

O Líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), subiu à tribuna nesta quinta-feira (20) para criticar o Ministério Público e dizer que há uma tentativa de "desmoralizar homens públicos de bem". O G1 procurou a assessoria da Procuradoria Geral da República e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem. Renan é citado nas delações de ex-executivos da Odebrecht. Atualmente, ele é réu em um processo no Supremo Tribunal Federal por peculato (desvio de dinheiro público) e responde a outros 16, sendo 13 somente na Lava Jato.. "Tem bastado ao Ministério Público, para acusar – lançando dezenas de parlamentares na vala comum da corrupção –, que o criminoso, acuado, cite os nomes desejados e, como recompensa, abiscoite isenção de penas e regularize o patrimônio roubado", afirmou o senador em plenário. "Presenciamos, portanto, o envenenamento da democracia pelo açodamento em desmoralizar homens públicos de bem, condenados antes mesmo do processo se instaurar, afrontando o poder eleito. Este é o grande engodo das cruzadas moralistas. A generalização deixa marcas em inocentes e os abusos soterram direitos fundamentais", acrescentou o senador, em outro trecho do discurso.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.